O mapa ao lado contém o perímetro da Zona Cultural Praça da Estação, assim como a mancha da Área Central da Operação Urbana Consorciada e vazios urbanos presentes na região. Os dados referentes aos vazios foram retirados da plataforma colaborativa Em Breve Aqui, não representando necessariamente a situação atual, visto que a cidade, e especialmente a zona, sofrem mudanças dinâmicas a todo tempo. É possível perceber a grande quantidade de imóveis vazios e estacionamentos em processo de especulação ao lado da antiga Escola de Engenharia da UFMG, onde será construída a nova sede do TRT-MG.